• Ligue agora e agende sua consulta (11) 98794-9452

Artigos

Acupuntura , Gastrite e Refluxo Gastresofágico (RGE)


Paciente D.G.L. , sexo masculino, 29 anos, com história de queimação retro-esternal ( na altura do tórax ), empachamento pós-pradial ( estomago " cheio" ) há seis anos.

Uso de Omeprazol por períodos de dois a três meses interrompendo o tratamento quando melhorava do quadro. Fazia também uso de Simeticona ( Luftal ) para distensão abdominal e flatulência ( gases ).

Não fumante, uso social de bebidas fermentadas.

Queixa importante de irritação no trabalho, horas extras, cobrança e estresse. Dificuldade para dormir e discreto cansaço ao levantar pela manhã.


Endoscopia de janeiro de 2005 - esofagite de refluxo, hérnia hiatal de deslizamento, gastrite erosiva de antro, pequeno divertículo intramural no antro > pesquisa de H.pylori negativa.
 


Endoscopia de agosto de 2007 - lesão umbilicada gástrica.
 


Endoscopia de março de 2011- estruturas esofagicas, gastricas e duodeno normais. Lesão elevada coberta por mucosa integra na grande curvatura do antro, com cerca de 0,7 cm, compatível com pâncreas ectópico.

 


Foi tratado por colega gastroenterologista três semanas antes de nos consultar com diagnósticos de DRGE ( doença do refluxo gastresofágico ) e Síndrome do cólon irritável . Por sugestão do colega o paciente nos foi encaminhado para avaliação e complemento do tratamento da DRGE e gastrite com Acupuntura.


TRATAMENTO
:

Na 2ª sessão, o paciente já referia melhora do funcionamento intestinal, do refluxo e do estresse com a acupuntura.
Na 8ª sessão já havia uma melhora importante do RGE ( refluxo gastresofágico), 90% segundo o paciente, com fezes de consistência normal, remissão do quadro de dores abdominais e outros comemorativos da SCI (Síndrome do cólon irritável).

Na 10ª e ultima sessão de acupuntura, os sintomas da DRGE estavam praticamente inexistentes, não haviam sintomas da SCI também.

Depois de um ano sem contato com o paciente, tivemos a noticia que a DRGE havia tido uma remissão importante, mesmo sem haver o acompanhamento sugerido, mas não seguido pelo paciente.

CONCLUSÃO
A acupuntura no tratamento da DRGE ( Doença do refluxo gastresofágico ), ainda que , como coadjuvante da medicação de praxe para as doenças diagnosticadas, teve, não só, a diminuição progressiva dos sintomas relatados, como uma melhora no bem estar do paciente, sono, apetite, diminuição importante do quadro de estresse ligado ao trabalho, além de importante diminuição do RGE, sendo notado pelo paciente a melhora na voz e cordas vocais ( o paciente em questão tinha a pratica de cantar em eventos )